Carregando Notícia
Tv e Famosos

Tatá Werneck rebate críticas após piada com homem casado: “Meu marido é o que mais ri”

Tatá Werneck rebate críticas nas redes sociais após fazer piada com Rômulo Estrela em evento.

PUBLICIDADE

Tatá Werneck também se pronunciou nas suas redes sociais após as várias críticas que recebeu ao fazer uma simples piada. Para quem realmente está por fora de tudo que está acontecendo com a apresentadora, ela brincou com Rômulo Estrela durante o do Upfront 2023, um evento realizado pela Globo em São Paulo que apresentou ao mercado publicitário as grandes novidades para o ano que vem e deu muito o que falar na web.

PUBLICIDADE

Sem ter papas na língua, a apresentadora elogiou muito a beleza do ator, mesmo com o seu marido, Rafa Vitti, sentado logo ao lado do rapaz. Mesmo sendo filmado rindo muito da situação, muitos internautas acharam que aquilo era uma grande ofensa ao contratado da Globo, fazendo a anfitriã do Lady Night ter que desabafar.

Em uma publicação que foi publicado no perfil Gina Indelicada, no Instagram, Tatá fez um grande balanço sobre a profissão que o marido atua. Enquanto a apresentadora apenas brinca com várias situações fazendo piadas, ele beija diversas mulheres nas telinhas, mas, ela disse que acredita ser uma boa troca.

“Sim: Rafa e eu somos um casal com senso de humor e sim: meu marido é o que mais ri. Ele é galã de novela. Beija as atrizes mais lindas da tv. Eu faço piada. Acho uma troca justa”, começou a mãe de Clara Maria.

Por fim, a apresentador também aproveitou para mandar um grande recado ao ator que foi o destinatário da piada ao vivo. “Rômulo te amamos! Você e sua família linda e sua esposa deusa! Rafa meu amor, te amo cada dia mais”, completou.

TATA WERNECK REVELA TER PÂNICO DE AVIÃO

Vale lembrar também que na tarde de quarta-feira (26), Tata Werneck também pegou seus seguidores de surpresa ao abrir uma caixinha de perguntas durante uma viagem que estava fazendo. Na postagem a humorista contou que passaria cerca de sete horas no carro para ir do Rio de Janeiro a São Paulo, já que ela não quer viajar de avião de jeito nenhum.

“Vou abrir uma caixinha de perguntas porque estou indo de carro para São Paulo. E aí, meu amor, são de seis a sete horas de carro”, começou. Ao ser questionada sobre o motivo, ela foi sincera e explicou que tem medo do meio de transporte.“Tenho pânico de avião. Já parei três voos internacionais”, contou.

Redação

34 anos e cursando jornalismo em SP, já trabalho com notícias por aproximadamente 10 anos. Aqui cubro todas as notícias sobre o transito, capitais do país, reality shows e diversos assuntos diferentes. Email: [email protected]