Carregando Notícia
CuriosidadesMundoNotíciasTv e Famosos

Segundo crítica internacional, Adão Negro é “anti-divertido”, “genérico” e “incoerente”

O filme de super-herói "Adão Negro", protagonizado por Dwayne Johnson, estreia nesta quinta (20/10) em todo o Brasil, mas se julgarmos pelas primeiras críticas divulgada, o resultado é tudo menos super

PUBLICIDADE

O filme de super-herói “Adão Negro”, protagonizado por Dwayne Johnson, estreia nesta quinta (20/10) em todo o Brasil, mas se julgarmos pelas primeiras críticas divulgada, o resultado é tudo menos super. Com 77 resenhas computadas, a produção da Warner Bros. alcançou apenas 55% de aprovação no site americano Rotten Tomatoes.

PUBLICIDADE

A avaliação fraca cai ainda mais quando se considera apenas os chamados “críticos top” (imprensa tradicional), que consideraram o filme bem ruim, com somente 33% de opiniões positivas. Embora alguns façam elogios ao trabalho de Johnson no filme, sua presença não foi suficiente para deixar bom “Adão Negro”. Segundo escreveu David Fear, crítico da revista Rolling Stone, “nem mesmo o prazer de ver Johnson entrar em um modelo de sucesso de bilheteria que ele parecia destinado a dominar compensa o quão genérico, sem sabor e incoerente o filme é.”

John Defore, que trabalha no site The Hollywood Reporter, escreveu algo parecido. De acordo com ele, “Adão Negro” é uma paixão pessoal de Dwayne Johnson que “serve bem ao personagem, preparando-o para aventuras que esperamos que sejam menos previsíveis do que esta”. A ideia de que o longa é uma mera preparação para projetos mais à frente também foi uma constante entre as avaliações.

O crítico Alonso Duralde, do portal The Wrap, descreveu o filme como “anti-divertido” e “um dos filmes mais visualmente confusos das sagas de super-heróis dos grandes estúdios, entre os efeitos especiais que são agressivamente desagradáveis e uma edição rápida que suga a alegria de cada cena de luta.”

Entre as avaliações consideradas boas ou excelentes, se destaca a de Peter Debruge, do site Variety, que disse que “nem todo vilão da DC merece seu próprio filme, é claro, mas quando você tem uma personalidade de estrela na escala de Johnson, é provável que o público queira aprender de onde o personagem vem.”

Assim como é normal em produções de super-heróis, tem uma discrepância elevada entre as avaliações dos críticos profissionais e aquelas feitas por portais e críticos geeks – responsáveis pelos 55% no Rotten Tomatoes. Entre esses, é provável ver comentários legais, dizendo que o filme é engraçado e repleto de ação. Mas mesmo os comentários mais agradáveis e repletos de elogios também vem acompanhados de ressalvas, falando que a “Adão Negro” não figura entre os melhores filmes da DC.