Carregando Notícia
NotíciasSaúdeTv e Famosos

Dias após ter dado à luz, Virginia Fonseca vai ao médico ao sentir fortes dores e pede: ‘Torçam por mim’

Vírginia já vinha tendo essas dores fortes no decorrer da sua segunda gestação, porém essas dores voltaram

PUBLICIDADE

A influenciadora digital, youtuber e empresária Virginia Fonseca de 23 anos, é um grande sucesso nas redes sociais e tem o hábito de compartilhar diariamente a sua rotina com os seus seguidores através da internet. A jovem é casada com o cantor sertanejo e compositor Zé Felipe de 24 anos, o casal são pais de duas lindas meninas lindas, Maria Alice de 2 anos e Maria Flor com dias de vida.

PUBLICIDADE

Infelizmente, a mais nova do casa, Maria Flor, veio sofrendo ataques na internet e no último sábado (28/11), uma internauta fez uma postagem no Twitter chamando a pequena de ‘feia’. Irritado com o insulto feito a filha que tem apenas alguns dias de vida, o cantor sertanejo deu uma resposta à altura.

“Mandar um recado em público para essa mulher: Meus sinceros vai tomar no meio do seu c… Seu espirro de pi…”, falou o cantor Zé Felipe irritado com o comentário sem noção da internauta.

Já Vírgina se manifestou de uma forma mais calma, relatando que chegou a ficar brava ao se deparar com o comentário, entretanto ela disse depois que tem pena e que iria esquecer a postagem.

Depois de 10 dias do nascimento da segunda filha, a famosa desabafou com os fãs na última quinta-feira (3), que não estava passado bem e contou que voltou a ter dores de cabeça intensa. Durante o período gestacional, a Vírginia precisou ser hospitalizada por causa dessas fortes dores de cabeça e até desabafou dizendo que teve que ir ao médico. Além de relatar que estava muito tensa, principalmente na região da mandíbula, também falou que o profissional da saúde aplicou um pouco de botox para travar a musculatura da mandíbula e assim evita a tensão.

“Sumida por motivos de: médico. Tentando resolver a dor de cabeça, torçam por mim. É uma tensão que eu tenho aqui [toca na região da mandíbula] devido a mordida. Fui lá no doutor, ele aproveitou para colocar um pouco de botox [aponta para diversas partes do rosto] para dar uma travada nos músculos para eu não ficar tensionando mais ainda. Eu não sei explicar, mas assim, já deu uma aliviada graças a Deus e eu estou muito feliz”, relatou a influenciadora na época.

Em entrevista à coluna do jornalista LeoDias, o Neurocirurgião Dr. Wanderley Cerqueira de Lima explicou a origem do caso da Virginia.

“ A cefaleia refratária trata-se de dores de cabeça comuns, porém constantes, que possuem um difícil tratamento e que não respondem a qualquer medicamento. Cefaleia refratária, como o nome fala, é aquela de difícil tratamento imediato, uma situação na qual você medica o paciente e ele sempre continua com aquela dor persistente. Apesar de se tratar de dores constantes e com um difícil tratamento, a cefaleia refratária de Virginia não chega a ser perigosa e nem incomum. A condição dela não será perigosa desde que seja feito todos os exames necessários, e que não seja constatada nenhuma lesão estrutural, uma lesão no cérebro como um tumor, por exemplo” , explicou o médico.