Carregando Notícia
Sem categoria

Vídeo: Homem é resgatado depois de ficar preso ao tentar escalar penhasco de 70 pés sem cordas

PUBLICIDADE

O homem teve que ser resgatado depois que ele e seu amigo escalaram a praia em Stair Hole, perto de Lulworth Cove, em Dorset, na tarde de sábado. Eles escalaram 21 metros pelo penhasco lamacento, até que perceberam que não eram capazes de ir mais longe. Enquanto um dos homens conseguiu descer de volta, o outro ficou completamente preso.

PUBLICIDADE

Os serviços de emergência foram chamados um pouco antes das 14h15 da tarde de sábado. Depois que a equipe da Guarda Costeira de Lulworth chegou, eles avaliaram o local e imediatamente chamaram o apoio de um helicóptero de resgate.

Enquanto aguardavam a chegada do helicóptero, os serviços de bombeiros e resgate tentaram um resgate com corda, mas devido ao “local extremamente inacessível” não tiveram sucesso.

Mais tarde, o vídeo mostra o homem pendurado na beira do penhasco enquanto o helicóptero da guarda costeira de St Athan o segura e o leva em segurança.

Um porta-voz da equipe da Guarda Costeira de Lulworth disse: “O homem subiu da praia no lado oeste de Stair Hole. O Coastguard Rescue 187 (baseado em St Athan) estava treinando em Barnstable, North Devon, e foi enviado para o local. Enquanto a aeronave estava em passagem, as equipes de incêndio e resgate montaram um resgate com corda no topo do Stair Hole. Devido à localização extremamente inacessível do homem, a tentativa foi mal sucedida. O helicóptero conseguiu manobrar com cuidado seu guincho para primeiro atravessar e depois sair de baixo da vítima, prendendo-a em um cinto. Os dois foram levados por uma curta distância para um local seguro, o paramédico avaliou os ferimentos do homem. Felizmente, além de estar um pouco com frio e visivelmente chocado, o homem não ficou em situação pior por sua provação”.

Muitos criticaram as ações dos homens depois de assistir ao vídeo online.

Uma pessoa escreveu: “Achei que esse bloqueio significasse que só poderíamos fazer viagens essenciais? Que desperdício de recursos e risco desnecessário”.

Veja o vídeo:

Redação

34 anos e cursando jornalismo em SP, já trabalho com notícias por aproximadamente 10 anos. Aqui cubro todas as notícias sobre o transito, capitais do país, reality shows e diversos assuntos diferentes. Email: [email protected]