Carregando Notícia
Saúde

Saiba identificar quando a dor de cabeça é preocupante ao ponto de te fazer correr para o hospital

Apesar de muito comum, algumas dores de cabeças podem ser sinais de alerta para nós

PUBLICIDADE

Quem nunca sentiu dor de cabeça que atire a primeira pedra. Há diversas causas conhecidas para a dor de cabeça, desde desidratação até indícios de um acidente vascular cerebral. Na tentativa de manter você bem informado sobre hábitos saudáveis, melhores condições de saúde e qualidade de vida, estamos sempre aqui com as nossas dicas de saúde. Sempre trazendo informações que são de suma importância para você e tentando sanar todas as suas dúvidas, e hoje o assunto é dor de cabeça.

PUBLICIDADE

As informações de hoje são do neurologista Dr. Tarso Adoni. Ele tentou responder a maioria dos questionamentos sobre qual é o tipo de dor de cabeça que é verdadeiramente preocupante.

Segundo o neuro, a dor de cabeça, apesar de ser uma dor muito comum entre todos, algumas vezes pode nos indicar algo a mais. De forma geral, não é algo que traga grandes preocupações e deva ser mencionado com o médico mas há um tipo que deve ser informado de imediato ao médico responsável: aquela dor de cabeça nova, abrupta, que surge de forma forte e de repente.

Outro sinal que deve ser motivo de preocupação é quando a dor de cabeça vem acompanhada de outros sintomas, tais como: febre. Apesar de muitas vezes ser indicado apenas como sintomas de uma simples virose, o médico afirma, que isso pode ser sinal de uma meningite, por exemplo.

Outra espécie de dor de cabeça que pode ser motivo para se preocupar, é aquela que é constante, principalmente se vier depois de um trauma, como queda de uma altura considerável, queda enquanto anda de bicicleta ou moto, acidentes de casa ou pancadas direcionadas a cabeça de modo geral.

Caso você tenha dificuldade de diferenciar a dor repentina e forte da enxaqueca, iremos te explicar agora:

O neuro afirma que nos casos de enxaqueca a dor começa de forma leve e tende a ir aumentando o nível da dor e do incomodo aos poucos. Em contra partida, no caso da dor de cabeça que deve acender nosso radar de alerta, ela normalmente já começa forte e não precisa ter incidências anteriores, é de uma hora para outra mesmo. Geralmente, a pessoa não tem histórico de nada parecido com essa dor.

Encerramos essa notícia te dizendo que, apesar de dicas úteis e práticas, nada pode substituir de forma efetiva a avaliação do médico. Então, se percebeu alguma anormalidade, não pense duas vezes antes de procura-lo e cuidar da sua saúde.