Carregando Notícia
NotíciasSaúdeTv e Famosos

Fátima Bernardes desabafa após receber diagnóstico de doença: ‘Não escapei’

Aos 60 anos, a apresentadora e jornalista foi diagnosticada pela primeira vez contraiu Covid-19

PUBLICIDADE

A jornalista e apresentadora Fátima Bernardes de 60 anos, através do seu perfil nas redes sociais, confirmando na noite de ontem, segunda-feira (14), às 21h, sob o comando do reality show The Voice Brasil, na Rede Globo. Essa é a primeira vez que a famosa contraiu o agente infeccioso e a mesma garantiu que passa bem, adotando um isolamento completo na companhia do seu namorado, o Deputado Federal Túlio Gadêlha.

PUBLICIDADE
“Dessa nova variante, não escapei: pela primeira vez testei positivo para Covid. Estou em Recife com meu amor Túlio Gadêlha, enfrentando o isolamento”, desabafou a apresentadora.
Ainda que Fátima esteja fora da Rede Globo, o reality show musical conta com vários episódios gravados e por esse motivo, não haverá nenhum prejuízo em sua estreia.
“Como temos uma boa frente de programas gravados, as emoções do The Voice Brasil estão garantidas. Não percam a estreia amanhã.”
Nos comentários da publicação, vários famosos e amigos da apresentadora deixaram mensagens :
“Melhoras”, desejou o cantor Lulu Santos.
“Fica bem! Beijos”, escreveu a atriz e apresentadora Regina Casé.
“Melhoras, querida”, comentou a atriz Mariana Ximenes.

O narrador da TV Globo também testou positivo para Covid-19

O locutor e narrador esportivo, empresário, radialista e apresentador Galvão Bueno de 72 anos, está internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, após ser diagnosticado com Covid-19. Através de suas redes sociais, no sábado (12) e domingo (13), Galvão divulgou um vídeo dizendo que está bem.

A internação ocorreu há poucos dias do início da Copa do Mundo de 2022, no Qatar. O apresentador da TV Globo publicou imagens se exercitando no hospital e diz em um dos vídeos :
“Estou no Einstein porque aqui eu me recupero. Não estou tomando remédio nenhum. Vou fazendo exercício duas vezes por dia. Musculação, bicicleta, para chegar inteiraço na Copa. Pra quem torce por mim, uma ótima notícia!! O Dr. Davi Lewi achou que seria bom ficar aqui no Einstein por 3 dias pra ser monitorado e fazer muita fisioterapia.”

Média móvel volta a se aproximar de 10 mil casos ao dia

Ontem, segunda-feira (14), foi registrado no Brasil 8 novas mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 688.746 desde o início da pandemia. A média móvel é de 43 mortes por dia, com variação de -36% em relação a duas semanas atrás, o que aponta tendência de queda.

No total, o país registrou 5.583 novos diagnósticos de Covid-19 em 24 horas, completando 34.961.403 casos conhecidos desde o início da pandemia. Resultando a média móvel de casos nos últimos 7 dias foi de 9.128, voltando a se aproximar de 10 mil diagnósticos diários após um pouco mais de dois meses. Sendo a variação foi de +71% em relação à média de duas semanas atrás.

A média móvel em seu pior momento, superou a marca de 188 mil casos conhecidos diários, no dia 31 de janeiro desse ano.