Carregando Notícia
Saúde

Esse calombo pode aparecer no seu pulso por causa de uma coisa que você faz todos os dias

A alteração é conhecida por cisto sinovial e se trata de uma formação benigna que aparece na forma de cápsula

PUBLICIDADE

A alteração é conhecida por cisto sinovial e se trata de uma formação benigna que aparece na forma de cápsula ou cisto. Os cistos são tipos de calombos e são mais comuns nas mãos, porém não representam deformações, não são cancerígenas e, na maioria das vezes, são inofensivas. Elas também podem ocorrer em várias partes do corpo, muitas vezes nos tendões ou nas articulações de punhos e mãos, podendo ter variações de tamanho se o movimento da parte afetada aumentar.

PUBLICIDADE

O que pode causar cisto sinovial?

Não se sabe ao certo qual a origem do cisto sinovial, porém de acordo com os especialistas é que essas pequenas lesões da cápsula articular, são provocadas por traumas, movimento e esforço repetitivo, com isso pode causar o extravasamento do líquido sinovial para fora da articulação, formando o cisto.

O mais comum é que apareça em pessoas jovens (com menos de 40 anos na maior parte das vezes) e é mais fácil aparecer em mulheres. Em alguns casos, o cisto pode interferir no movimento da articulação, porém costuma desaparecer sozinho e se houver problemas, ele pode ser drenado ou removido.

Quais são os sintomas que o cisto sinovial do punho pode causar?

Segundo a Dra. Renata Paulos, médica formada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), pós-graduada e especialista em cirurgia da mão e microcirurgia.  As queixas mais comuns são em relação ao aspecto estético e dor. Alguns pacientes referem também sensação de fraqueza. Diminuição da mobilidade do punho acometido em relação ao punho “normal” também pode ser vista em alguns pacientes

O quadro pode variar bastante e diversos pacientes tem incômodo apenas com a questão relacionada com a estética e não sentem dor. Porém, muitas pessoas tem dor no punho sem ter algo aparente e descobrem por meio de um exame que a dor é proveniente de um pequeno cisto, imperceptível quando olhamos o punho.

Como é feito o diagnóstico?

É feito por um ortopedista especialista, obtendo informações detalhada e um exame físico minucioso.
A radiografia geralmente não apresenta alterações, porém pode ver alguns desgastes que podem estar presentes. Os exames de Ultrassom e Ressonância Magnética podem ser solicitados, pois geralmente identifica a origem e o conteúdo da lesão e oferece um diagnóstico preciso.

Tratamento

Existem variações de acordo com o tamanho e localização do cisto e com a preferência do paciente. Pode ser desde a observação (ou seja, não fazer nada), para os pacientes que não tem dor e não se incomodam com a questão estética.

Dependendo do cisto, pode-se realizar uma punção aspirativa (chance maior de recidiva) e também tem a opção do tratamento cirúrgico, que é o mais efetivo e pode ser realizado de diferentes maneiras (via aberta ou artroscópica). A recuperação é individual, depende muito de cada paciente, mas, em si, são necessárias algumas semanas de repouso para praticar atividades esportivas que são mais intensas.