Carregando Notícia
Saúde

Dermatite atópica: o que é, sintomas, causas e tratamentos

Aprenda um pouco mais sobre a dermatite atópica e acelere seu tratamento

A dermatite atópica é uma doença crônica. Ela tua causando inflamação na pele, o que gera ressecamento, placas e bolhas que coçam muito e podem levar à criação de feridas. A dermatite atópica, também conhecida como eczema atópico, pode acometer qualquer pessoa, apesar de ser mais comum em bebês e crianças com até 5 anos.
PUBLICIDADE

Essa inflamação na pele pode ser desencadeada por uma série de fatores isolados ou em conjunto, mas, apesar disso, não é contagiosa. Os lugares mais afetados variam de acordo com a faixa etária, mas é mais comum a incidência em dobras entre os braços e joelhos. Pode também, aparecer nas bochechas e próximo às orelhas, no pescoço, mãos e pés dos adultos.

PUBLICIDADE

Apesar de não existir ainda uma cura para a inflamação, pode ser controlada e tratada com remédios anti-inflamatórios em creme ou comprimidos, dependendo, claro, da orientação do dermatologista, e com a hidratação cutânea. Mas isso será decidido pelo médico após identificar o fator responsável pelos sintomas.

Principais sintomas

Os principais são ressecamento da pele e a coceira, principalmente nas mãos, cotovelos, pescoço, atrás do joelho e/ou tornozelos.

Mas há ainda outros, como:

  • Inchaço na pele;
  • Vermelhidão;
  • Descamação da pele, devido ao ressecamento;
  • Aparecimento de pequenas bolinhas;
  • Formação de feridas, devido ao ato de coçar constantemente;
  • Mudança na cor de uma área da pele, que pode ficar mais clara ou mais escura que o normal.

As lesões podem aparecer em qualquer idade, geralmente em períodos de “surto” mas somem após alguns dias.

Quando não são tratadas ou ficam por muito tempo na pele (a forma crônica), podem ganhar uma coloração mais escurecida e parecer uma espécie de crosta, o que normalmente é chamado de liquenificação.

Devido a formação das feridas e de sua exposição, há um maior risco de desenvolvimento de infecções na pele causadas por bactérias, vírus ou fungos, podem agravar ainda mais a situação, piorar os sintomas e dificultar o tratamento.

Como confirmar o diagnóstico

Esse deve ser feito pelo dermatologista através da avaliação dos sinais e sintomas apresentados pela pessoa. Deve-se levar em consideração o histórico da pessoa, a frequência do surgimento dos sintomas e em que situações aparecem, se em momentos de irritabilidade ou como consequência de rinite alérgica, por exemplo.

O ideal é que o diagnóstico seja feito assim que os primeiros sintomas aparecerem, para que o tratamento possa ser iniciado o mais rápido possível e evite complicações, principalmente as infecções na pele.

Causas de dermatite atópica

Atualmente, especialistas acreditam que os sintomas da dermatite atópica surjam devido à alterações das barreiras presentes na pele e/ ou do sistema imunológico, resultando numa reação inflamatória.

Outros fatores que podem influenciar são: alteração climática, fumaça, poluição, detergentes e sabão de lavar roupa muito concentrados e contato com tecidos sintéticos.

Como é o tratamento?

Pode ser com o uso de cremes ou pomadas corticoides. Além disso é possível adotar hábitos para diminuição da inflamação, como:

  • Usar hidratantes, à base de ureia, evitando produtos com cor e cheiro;
  • Não tomar banho com água quente;
  • Evitar tomar mais que um banho por dia;
  • Evitar alimentos com maior possibilidade de causar alergias, como amendoim ou leite.

Pode ser necessário também o uso de remédios em comprimido, como anti-alérgicos ou corticoides para diminuir as crises de coceira e inflamações graves.