Carregando Notícia
Saúde

5 sintomas comuns quando tem câncer

“O organismo dá sinais que devem ser encarados objetivamente, são bastante específicos e, ao percebê-los, é necessário buscar a ajuda de um profissional de saúde'', afirma o especialista

PUBLICIDADE

A boa notícia, é que através do conhecimento científico sobre o câncer vem evoluindo bastante e o diagnóstico precoce aumenta ainda mais as chances de sucesso do tratamento, e dependendo do caso consegue a cura.

PUBLICIDADE

O médico Wesley Pereira Andrade, titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica (SBCO) e da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), destaca a grande importância das pessoas fiquem atentas para alterações no aspecto e funcionamento do corpo.

O especialista ainda afirma : “O organismo dá sinais que devem ser encarados objetivamente, são bastante específicos e, ao percebê-los, é necessário buscar a ajuda de um profissional de saúde”.

5 sinais que o corpo indica que é preciso ser examinados com os especialistas da área de saúde : 

1. Caroços ou nódulos –  aqueles que não desaparecem em 3 ou 4 semanas, precisam ser investigados por um médico;

2. Tosse persistente ou rouquidão –  podem ser sintomas de tumores de pulmão ou das vias aéreas superiores. Se a tosse é frequente e o escarro é acompanhado de sangue, pode ser câncer de pulmão. Já no caso da rouquidão pode ser problemas da área respiratória ou da laringe. As pessoas mais propensas são os tabagistas e etilistas ( alcóolatra);

3. Mudanças no hábito intestinal – sendo diarreia e constipação de forma alternada, tendo sangramento nas fezes devem ser investigados pelo médico para avaliar se estão relacionados a tumores gástricos ou intestinais;

4 – Perda de peso de forma inexplicável e aparente – se a perda de peso que não esteja relacionada com alimentação/dieta, prática de atividade física ou consumo de medicamentos para emagrecer, é necessário investigar a possibilidade de tumores gástricos.
Segundo uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, mostrou que a perda de peso não intencional era o segundo maior indicativo de tumores colorretais, de pulmão, pâncreas e rins, além de estar associado com outros tipos de câncer;

5 – Presença de feridas na pele ou manchas escurecidas – algumas alterações na pele, como manchas e sinais, devem ser avaliadas pelo dermatologista pois podem se sua forma e coloração são bem diferentes e precisa de uma avaliação médica para descartar ou confirmar a possibilidade de um câncer de pele;

É muito importante ressaltar, que é necessário sempre buscar as orientações de um especialista para que ele possa indicar a frequência e a realização das consultas de rotina para cada caso. De acordo com a medicina preventiva, o ideal é se consultar anualmente a partir dos 25 anos de idade, em casos se tiver fatores de riscos ou antecedentes.