Notícias

Vídeo do Papa não foi direcionado a Sergio Moro – Afirmações são falsas

Alguns sites e jornalistas atribuíram a mensagem do Papa erroneamente ao ministro da Justiça

Hoje pela tarde, um vídeo do papa circulou pelo Twitter, e causou um alvoroço na rede social.

O jornalista Glenn Greenwald atribui o vídeo do papa diretamente a Sergio Moro. Segundo o Jornalista, o vídeo é “uma denúncia do ministro da Justiça de Bolsonaro, Sérgio Moro”.

  O grande problema dessa afirmação, é que ela é falsa.
Todas as ” Intenções de Oração do Papa” são divulgadas em Janeiro, e nela consta todos os assuntos que serão abordados durante todo ano. Você pode conferir AQUI .

Intenções de Oração do Papa
Intenções de Oração do Papa

Como podemos observar, o artigo foi publicado no dia 7 de janeiro de 2019. Muito antes de sequer ser comentado algo sobre as supostas mensagens vazadas pelo site Intercept em relação a Sergio Moro.

O trecho a seguir está presente no site acima e diz o seguinte:
Julho
Universal: Para que todos aqueles que administram a justiça operem com integridade e para que a injustiça que atravessa o mundo não tenha a última palavra.

No vídeo o Papa pede para que “Todos que administram a justiça” “operem com integridade”. “Sua independência deve ajudá-los a serem isentos de favoritismos e de pressões que possam contaminar as decisões que devem tomar”. O papa também diz que “os juízes devem seguir o exemplo de jesus, que nunca negocia a verdade”.

Portanto, a notícia que circula de que o Papa teria feito um vídeo denunciando ou comentando sobre as supostas mensagens vazadas do ministro da justiça, Sergio Moro, é falso.
LEIA TAMBÉM:  Oscar ao vivo: Saiba onde assistir ao vivo e online
Etiquetas

Robson Pacheco

Robson Pacheco é jornalista e editor-chefe do Minuto de Notícia. Pós- graduado em Telejornalismo e Docência do Ensino Superior, Robson atualmente está à frente da redação do nosso portal.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar