Carregando Notícia
Notícias

Vídeo: Celular cai de avião, trajetória até o chão é filmada e aparelho é recuperado em praia de Cabo Frio

PUBLICIDADE

Algo surpreendente aconteceu nesta sexta-feira (11), um celular caiu de uma altura de 300 metros!!! Isso mesmo! E se eu disser que além de ter caído de uma altura como esta, ele estava ligado gravando um vídeo e não quebrou?  Inacreditável, não é mesmo?

PUBLICIDADE

O ambientalista e documentarista Enersto Galiotto viveu uma experiência surpreendente, ele estava sobrevoando a praia do Peró em Cabo Frio, na região dos lagos no Rio de Janeiro. Enquanto sobrevoava a região, Ernesto estava gravando um vídeo quando o incidente aconteceu e seu celular caiu.

O trajeto da queda livre, durou cerca de 15 segundos e a câmera do próprio celular gravou tudo!

“É uma coisa que se você contar pra alguém, a pessoa não acredita. Foi um Deus nos acuda! No momento, eu falei até um palavrão, mas depois eu pensei e disse: ‘eu vou recuperar esse celular'”

“Eu tinha programado o voo com dois aviões. Quando soube que ela não seria estendida, eu dispensei a decolagem do outro e decolei só com um. Mas como a bandeira não subiu, o celular caiu”, brincou Ernesto.

Uma câmera da cabine do avião monomotor gravou o momento que Enerto pega o celular para filmar o local e brincar com os amigos do projeto Bandeira Azul sobre a bandeira não estar hasteada. Enquanto gravava o celular caiu da sua mão, é possível ver a reação do piloto, que diz: “Mas um… Acontece”.

Apesar do susto o ambientalista conseguiu recuperar o celular na manhã deste sábado (12), o rastreio do aparelho foi feito por GPS. O aparelho foi encontrado funcionando com apenas um trincado na proteção da tela.

“Em 15 segundos ele [o aparelho] bateu no solo. Estava a uns 200 metros da água e a poucos metros tinha um casal na praia. Ele caiu 11h10 de sexta-feira. Caiu com a tela pra baixo e ficou filmando por uma hora e meia. Eu acho que o sol que recarregou ele porque, quando chegamos pra recuperar, ele ainda tinha 16% de carga no sábado por volta de 8h50”, contou.

“Ô, turma. Se vocês acreditam ou não, o celular que voou do meu avião se encontra aqui no meio da natureza. Aliás, nós somos aqueles que ajudam a defender a natureza. E a natureza o protegeu. Agora vou buscar ele”, disse Ernesto no vídeo.

Assista o vídeo abaixo.

 

Redação

Sou carioca de 29 anos, trabalho com jornalismo a mais de 7 anos. Formado em Marketing, cubro todas as noticias sobre Crimes, politica, reality shows, esportes e tudo que for relevante para o leitor. Email: [email protected]