Carregando Notícia
MundoNotíciasSaúde

Mulher em coma há sete meses dá á luz bebê saudável; caso ‘altamente incomum’, diz médico

Passando por um coma há sete meses em Uttar Pradesh, na Índia, uma mulher, de 23 anos de idade, deu à luz uma moça saudável no mês outubro deste ano

PUBLICIDADE

Passando por um coma há sete meses em Uttar Pradesh, na Índia, uma mulher, de 23 anos de idade, deu à luz uma moça saudável no mês outubro deste ano. De acordo com informações do jornal Daily Mirror, a mulher entrou em coma após sofrer um acidente de moto 40 dias depois de ficar gestante. A partir daí, a vítima está em coma e realizou ao menos cinco cirurgias no cérebro separadas no hospital All India Institute of Medical Sciences, em Bulandshahr.

PUBLICIDADE

Em uma das cirurgias feitas, a mulher chegou a ter uma parte de seu crânio retirada para aliviar a pressão na cabeça. No momento do parto, a mulher, que estava ligada a um ventilador pulmonar para seguir respirando, teve o aparelho retirado ocasionalmente para ajudar no procedimento.

Após terminar o parto, o médico cirurgião do hosítal Deepak Gupta revelou que o caso era “altamente fora do comum”. “Eu não encontrei nenhum caso em meus 22 anos de carreira neurocirúrgica neste hospital como esse”, disse.

Covid-19: grávida dá à luz em coma e conhece bebê uma semana depois

Ahmad diz que tudo aconteceu muito rapidamente. Quando foi ao hospital Grange, em Cwmbran, na Inglaterra, após testar positivo para covid, ela não pensou em levar roupas para ficar pela noite, porque pensou que ficaria por pouco tempo no local.

Grávida de 29 semanas da época, ela e o marido, Usman, ainda não tinham escolhido o nome da criança. Mas o quadro de saúde de Marriam foi piorando rapidamente depois de chegar ao hospital. Aos 27 anos, a assistente de advocacia disse que logo se encontrou numa situação “assustadora”. “De repente, minha máscara de oxigênio estava num volume muito mais alto. Eu não conseguia escutar nada direito”, contou.

Foi então que o médico contou sobre a necessidade de realizar um parto cesárea e falou que Marriam estaria consciente durante todo o ato. Mas ele informou que o bebê talvez não fosse forte o suficiente para continuar vivo. Ao decorrer do dia, a equipe de profissionais da saúde decidiu que Marriam precisava de uma sedação. Um deles segurou a mão dela e falou: “Pode ser que você não volte.”

Momentos antes de ser sedada, Marriam disse adeus a algumas pessoas da família. “Tudo aconteceu tão rápido”, contou. “Foram cinco minutos. Eles me falaram: ‘você vai ser intubada, vai passar por uma cesárea, o bebê vai sair, você vai estar inconsciente, pode ser que você não sobreviva. Diga adeus.”.

A bebê de Marriam veio ao mundo no dia 18 de janeiro às 20h27. Chamado inicialmente de bebê Ahmad, o sobrenome de Marriam, a criança pesava o equivalente a um saquinho de açúcar: 1,17 kg. Surpreendendo a todos, mesmo com os temores dos médicos, Marriam melhorou e acordou do coma no dia seguinte ao parto, por volta de meio-dia.