Carregando Notícia
CuriosidadesMundoNotícias

Mãe é criticada por trocar a fralda suja do filho no meio de um café: “Não é higiênico”

Diversos pais por aí quando saem com os seus filhos tem o desafio de encontrar locais que oferecem fraldários

PUBLICIDADE

Diversos pais por aí quando saem com os seus filhos tem o desafio de encontrar locais que oferecem fraldários. Mas essa mãe não teve muitos problemas com isso e resolveu fazer o procedimento de um jeito mais prático, em público mesmo!

PUBLICIDADE

A mulher foi bastante criticada pela atitude, isso após trocar a frauda do seu pequeno no meio da cafeteria em que estava. Em meio a um passeio em família, a criança fez as necessidades e a mãe percebeu que necessitava trocar o bebê. Mas ao invés de utilizar algum banheiro público mais perto, ela optou por trocar a frauda suja do filho em uma das cadeiras do café, segundo informou um funcionário que presenciou e disparou críticas para a atitude.

Em um depoimento realizado no fórum Reddit, o funcionário do estabelecimento ficou com medo de ter sido ignorante em ter pedido para a mulher parar diante da situação. Mas logo muitas pessoas ficaram do lado do homem,  sugerindo que a mãe estava de fato errada, embora simpatizassem com o acontecido.

“Nós só temos espaço suficiente para um banheiro feminino e um banheiro masculino. Também não há fraldários”, o funcionário fala o motivo de não ter fraldários no local. “Há, no entanto, um bloco de banheiros públicos a não mais de 50 metros de nossas instalações. Tem vários fraldários, tanto nos blocos de banheiros femininos quanto nos masculinos.”, disse.

Ele seguiu com a explicação: “Então, uma família entra no café, eles se sentam, comem e bebem, e então um de seus bebês deve ter feito cocô na fralda porque ela veio e me perguntou se tínhamos vestiários. Falei para ela que não, mas indiquei os banheiros públicos e disse que eles eram gratuitos e tinham tudo o que ela precisaria”.

“Ela disse que estava tudo bem e começou a trocar a criança na cadeira na minha frente. Eu disse a ela que não podemos permitir isso, pois está incomodando os outros clientes e que realmente não é higiênico, especialmente porque temos salgados e bolos em exposição”, complementou.

O funcionário conclui falando que a mulher retrucou a atitude dele dizendo que a lei lhe dava direito para que ela trocasse o bebê onde quisesse, isso caso não tivessem nos locais os banheiros adequados. Depois de muita insistência, a mãe foi trocar o filho nos banheiros indicados pelo rapaz. Já finalizando o depoimento, o homem pergunta aos usuários se a atitude dele foi equivocada. Porém, os comentários foram todos a favor do funcionário.