Carregando Notícia
NotíciasTv e Famosos

Confira o resumo do último episódio de House of the Dragon

O décimo episódio de “House of the Dragon“, que encerrou a primeira temporada da série, chegou na HBO e HBO Max no último domingo (23)

PUBLICIDADE

O décimo episódio de “House of the Dragon“, que encerrou a primeira temporada da série, chegou na HBO e HBO Max no último domingo (23), com os Pretos se organizando para defender o direito de Rhaenyra como rainha.

PUBLICIDADE

Depois dos acontecimentos do episódio passado terem foco nos Verdes e em sua tomada do Trono de Ferro após o falecimento do Rei Viserys I Targaryen, agora foram os Pretos quem tiveram um destaque maior, com boa parte do episódio se passando em Pedra do Dragão.

O jovem Lucerys Velaryon inicia o capítulo em um diálogo com a mãe, Rhaenyra, sobre poder e dever. Então aparece a Princesa Rhaenys, que dá a Rhaenyra a notícia do falecimento de seu pai e do golpe dos Verdes, que ocorreu sem o conhecimento dela no episódio passado.

Com as informações impactantes, Rhaenyra logo começa a sentir as dores do parto. Enquanto Rhaenyra se contorce, Daemon toma as rédeas do acontecido, começando a montagem de uma guerra a contragosto de sua esposa, que fala que nada seja feito sem sua autorização.

Depois de sofrer muito e não querer ajuda, Rhaenyra dá à luz um bebê morto e deformado, em uma das cenas mais impactantes do episódio. A própria Rhaenyra enrola o corpo da criança, que sabemos não pelo episódio, mas pelo livro, que seria uma moça, chamada de Visenya Targaryen.

No evento de cremação da criança, acontece a chegada do Sor Erryk Cargyll, que deixa ajuda para a Princesa Rhaenys a escapar da Fortaleza Vermelha. Ele carrega a coroa utilizada pelo Rei Viserys, e jura ser leal à nova rainha, que é coroada ali mesmo por Daemon. Porém, Rhaenys não se ajoelha como os outros, e há dúvidas quanto ao apoio da Rainha Que Nunca Foi.

A agora Rainha Rhaenyra fica no controle da situação, e procura desvendar quem são seus aliados. Em uma cena que lembra o início da produção, quando um Daemon mais novo bateu de frente com Otto Hightower e a Rhaenyra ainda vivida por Milly Alcock chegou para impedir um confronto, os três se encontraram mais uma vez no mesmo local.

Otto apresenta termos mandados por Alicent Hightower, e Rhaenyra parece considerar a possibilidade. Isto logo em seguida chama a atenção de Rhaenys, que fala a seu esposo Corlys Velaryon, que volta após quase perder a vida na guerra, que ela é a única mantendo o reino unido naquele momento. Isto ocasiona na conquista de um aliado fundamental para a causa de Rhaenyra, com a frota do Serpente Marinha agora à disposição dos Pretos.

Outra decisão também é tomada: a Rainha Rhaenyra quer se certificar de quem são seus amigos, e busca a ajuda das casas Stark, Arryn e Baratheon. Para isto, ela acaba mandando seus dois filhos mais velhos: Jacaerys e Lucerys. O mais velho ruma para o Ninho da Águia e para Winterfell, enquanto o mais novo vai em direção a Ponta Tempestade.

Enquanto os dragões se separam, passamos a seguir o destino de apenas um deles, Lucerys, surpreendido com a presença de seu tio, Aemond, ao chegar em Ponta Tempestade. Borros Baratheon recebe a notícia de Rhaenyra, e se nega a ajudar a causa da Rainha, apontando para o fato de que o lado do Rei Aegon II trouxe propostas boas para ele e sua casa.

Aemond tenta enfrentar o jovem Lucerys, mas o menino prometeu à mãe que não batalharia e seria apenas um mensageiro. Borros impede Aemond de partir para cima de Lucerys, que busca um olho de Lucerys, como vingança pelos acontecimentos antigos, e revela que agora usa um olho de safira em lugar do que perdeu.

Em meio a uma chuva torrencial, Lucerys parte montado no pequeno dragão Arrax, mas Aemond segue ele com a gigante dragão Vhagar. Depois de chegar perto de escapar, o dragão de Lucerys ataca Vhagar, que foge do controle de Aemond, e causa o terrível falecimento do dragão e do menino, apesar dos protestos de Aemond, que aparentava apenas querer dar um pequeno susto no sobrinho.

A notícia do falecimento do filho é recebida por Rhaenyra na cena final do capítulo, e se em um momento do episódio ela declarou que não seria a primeira a atacar, agora o primeiro sangue foi derramado, e a guerra não tem como evitar.