Carregando Notícia
MundoNotícias

Baba Vanga: a vidente cega que teria previsto nova pandemia em 2022; ela deixou previsões para até 5079

A vidente teria previsto inclusive a data de seu falecimento e que uma menina de 10 anos, que também não enxerga, receberia os seus dons

PUBLICIDADE

Considerada como a Nostradamus dos Balcãs, a búlgara Vangelia Gushterova, mais conhecida como ‘Baba Vanga’, morreu em 1996, porém deixou várias previsões para os próximos anos da humanidade. Um câncer de mama foi o responsável por tirar sua vida em 1996, e a casa onde ela viveu por tantos anos se tornou em um museu.

PUBLICIDADE

Baba Vanga tornou-se uma grande celebridade na época, recebendo várias visitas de dignitários, incluindo também o czar búlgaro Boris III, no decorrer dos últimos anos, vimos que muitas de suas grande previsões se concretizaram.

Ela disse com tom de preocupação que a Primavera Árabe, que começou em 2010, seria o catalisador de um grande conflito global, que poderia facilmente significar para o mundo a 3° Guerra Mundial. A vidente também previu em vida que a grande China ultrapassaria os Estados Unidos como a principal superpotência do mundo e que também terá uma maneira de erradicar a fome no mundo. A píton dos Balcãs também chegou mencionar que o ano do fim do nosso planeta, em 3797.

Até agora, Baba Vanga tem uma grande taxa de acerto de aproximadamente 85%, o que é muito bom, mas muitas de suas visões falharam nos últimos anos. Portanto, vamos esperar que as suas previsões, principalmente, sobre a 3° Guerra Mundial que seja outra visão que falhou e torcemos para a visão de erradicar a fome no mundo aconteça.

A vidente teria previsto inclusive a data de seu falecimento e que uma menina de 10 anos, que também não enxerga, receberia os seus dons e Baba Vanga teria deixado previsões para até o ano de 5079.

Segundo O Globo, a clarividente previu que no ano de 2022, seríamos atingidos por mais uma pandemia, desta vez descoberta na Sibéria. Em seus escritos, Baba Vanga ainda definiu que o vetor da enfermidade será um vírus mortal, ela também afirmou que várias cidades do mundo irão sofrer com uma crise hídrica. Com isso, muitas regiões serão afetadas pela escassez de água potável e irá ter um aumento na poluição dos rios.

Antes de morrer, a claravidente teria previsto a morte da princesa Diana, em 1997, o acidente nuclear em Chernobyl, em 1986, o tsunami de 2004 na Ásia, o ataque do 11 de Setembro e a saída do Reino Unido da União Europeia. Sobre os acontecimentos do ano de 2021, a vidente falou que enfrentaríamos atividades sísmica e vulcânica bastante significativas, inundações e tempestades.