Notícias Automotivas

Câmeras devem substituir os espelhos dos carros em breve nos Estados Unidos

Muito em breve, os motoristas dos Estados Unidos não deveram mais esticar os seus pescoços para verem o que se passa nos espelhos retrovisores dos seus carros. Isso deve acontecer caso os orgãos reguladores concordarem em permitir que câmeras e telas de alta tecnologia substituam o os espelhos retrovisores laterais dos carros no país.

A  Agencia Nacional de Segurança no Trânsito Rodoviário (NHTSA), revelou em um comunicado nesta quinta-feira (10), que está buscando opiniões de motoristas e montadoras, sobre a possibilidade de permitir que os chamados sistemas de monitoramento de câmeras substituam os espelhos retrovisores exigidos por um antigo padrão de segurança automotiva dos EUA.

Em 2014, a Tesla solicitou a agencia que permitisse que as câmeras fossem usadas no lugar dos espelhos tradicionais, citando uma economia de combustível aprimorada por meio de um arrasto aerodinâmico reduzido como o principal benefício, e também melhorando a visibilidade traseira e lateral do veículo.

A tecnologia já está sendo implantada no Japão pela marca Lexus ( Divisão de carros de luxos da Toyota), que agora está analisando a opinião dos motorista sobre o novo formato de retrovisores.

Acompanhe o vídeo da tecnologia:

Mas mesmo com a tecnologia sendo implantando em outro país, a NHTSA ainda acha que não é o melhor momento para implantar as câmeras no país, por isso está fazendo uma especie de consulta antes de tomar qualquer decisão.
Vale lembrar que um estudo feito pela agencia a 5 anos atrás, demonstrou que em veículos pesados, as telas eram muito brilhantes, dificultando aos motoristas ver objetos na estrada à frente.

Já em 2017 em um novo estudo, a agencia determinou que as câmeras eram ” possivelmente utilizáveis”, e que demonstravam sem melhores do que os espelhos em períodos noturnos e de amanhecer. Mas também também encontrou falhas, incluindo telas muito brilhantes à noite, imagens distorcidas e lentes de câmera que seriam obscurecidas pelas gotas de chuva.

LEIA TAMBÉM:  Volkswagen Atlas Cross Sport é anunciado nos EUA e tecnologia chama atenção

O período de opinião de motorista e empresas, levará cerca de 60 dias, mas a agencia não informou uma data especifica para tomar uma decisão, mas alterações nas seguranças automotivas geralmente levam anos para serem aceitas.

 

Robson Pacheco

Robson Pacheco é jornalista e editor-chefe do Minuto de Notícia. Pós- graduado em Telejornalismo e Docência do Ensino Superior, Robson atualmente está à frente da redação do nosso portal.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar