Carregando Notícia
Curiosidades

Trombose venosa, saiba tudo sobre o mal que atinge homens e mulheres

Se não forem tratadas, as varizes podem deixar de ser apenas um problema estético.

PUBLICIDADE

As incomodas varizes ou varicoses ocorrem quando há uma certa falha dessas válvulas, o que causa também um acúmulo de sangue, provocando as grandes deformações e por esse motivo é de extrema importância sempre buscar conhecer os sintomas de uma trombose venosa e sempre procurar rapidamente ajuda médica.

PUBLICIDADE

Muitas pessoas já conhecem a trombose, portanto, nesse artigo iremos apenas trazer algumas informações importantes.  Existem dois tipos de trombose: a trombose venosa superficial e a trombose venosa profunda. As duas são muito perigosas para a saúde e precisam ser sempre tratadas por um profissional especializado. A trombose venosa superficial:

Saiba que a trombose venosa superficial é muito fácil de ser identificada, pois se caracteriza com o aparecimento repentino de pequenos vasos azuis, que também são muito frágeis e são muito doloridos ao toque. Esses vasos podem ser vistos bem facilmente quase sob a pele e se não forem tratados da forma adequada podem também provocar infecções muito sérias.

A trombose venosa profunda:

Esse tipo de trombose é também muito perigoso porque os vasos se tornam muito duros e toda a parte da pele fica muito rígida. A pessoa também sente muito calor e queimação em cima do lugar onde estão esses vasos, além da forte queimação o paciente também irá sentir muito formigamento em toda a perna.

O médico deve avaliar o tom da pele que normalmente se torna muito azulada, indicando que realmente ali naquela região, o sangue não circula mais como antes e o paciente precisa ser hospitalizado rapidamente.

Qual é o tratamento para uma trombose?

Os especialistas sempre orientam que a pessoa que tem a trombose precisa exercitar sempre as pernas para evitar todo o entupimento das veias (meia hora de exercícios diários ajuda muito). Deixar sempre cair bastante água fria nas pernas ajuda muito a aliviar a sensação de queimação e calor no local.

A alimentação também precisa ser muito controlada e o sal deve ser reduzido máximo. Ingerir uma grande quantidade de líquido durante o dia também pode ajudar muito a melhorar o sistema imunológico que precisa ser bem fortalecido.

O tratamento medicamentoso é sempre de acordo com o que o médico prescrever ao paciente, não se automedique em caso de doenças graves, pois pode ser realmente altamente perigoso para sua saúde e muitas vezes é fatal.

Redação

34 anos e cursando jornalismo em SP, já trabalho com notícias por aproximadamente 10 anos. Aqui cubro todas as notícias sobre o transito, capitais do país, reality shows e diversos assuntos diferentes. Email: [email protected]