Carregando Notícia
Curiosidades

Muita gente está se intoxicando com a babosa devido a este erro grave; fiquem atentos

Conhecida por Aloe Vera, essa planta vem sendo utilizada há milhares de anos devido suas propriedades medicinais

PUBLICIDADE

A babosa, também conhecida como aloe vera, é uma planta utilizada há milhares de anos devido às suas propriedades medicinais. As principais propriedades da babosa ficam concentradas no interior das folhas da planta. Ao cortar um pedaço delas é possível ver a mucilagem, uma estrutura com concentração de 90% de água e 10% de fibra.

PUBLICIDADE

Essa região do corte é perceptível que a planta elimina um líquido viscoso de coloração amarela. Essa substância presente no líquido é tóxica para o consumo e uso na pele. Então, para desfrutar dos benefícios da babosa, requer cuidado com a maneira de extraí-la da natureza e com a forma de retirar essa substância.

O engenheiro agrônomo Ademar Menezes Júnior, explica que a rezina amarela das folhas é rica em substâncias com ação laxativa muito intensa. É recomendável que depois de colhidas, as folhas da babosa sejam lavadas e deixadas para secar na posição vertical, durante 24h para que essa substância tóxica amarela saia.

Depois desse processo, a mucilagem pode ser retirada das folhas retirando as partes laterais onde ficam os espinhos e descascando a babosa. Vale ressaltar que é muito importante ter atenção quanto às formas de utilização da babosa. A Anvisa não recomenda a ingestão da planta, porém o agrônomo fala que tomando o cuidado de retirar as substâncias agressivas, não tem problema. “Inúmeros países possuem uma variedade enorme de produtos à base de babosa: sucos, bolachas, iogurtes, balas…”, relata.