Carregando Notícia
CuriosidadesNotíciasSaúde

Humilde homem doa medula para salvar vida de desconhecida, mas anos depois a vida o surpreende

Adílson era um homem bem comum, que apenas queria ajudar outras pessoas. Foi dessa forma que ele se cadastrou como doador de medula óssea

PUBLICIDADE

Adílson era um homem bem comum, que apenas queria ajudar outras pessoas. Foi dessa forma que ele se cadastrou como doador de medula óssea. No ano de 2010, ele descobriu que uma paciente era compatível à sua medula. Como acontece nesse tipo de transplante, o doador não sabe para quem está doando e, vice e versa. No entanto, cinco anos depois, a vida surpreende Adílson.

PUBLICIDADE

A mulher para quem ele tinha doado sua medula era a atriz Drica Moraes, que vivia um quadro bem avançado de leucemia. Por conta do transplante, Drica Moraes viu sua vida ser salva. Adílson ficou surpreso ao descobrir que a mulher para quem doou era uma artista. Quando fez a doação, ele apenas queria fazer o bem e acabou ganhando reconhecimento.

Nesta terça-feira, 23 de junho, Drica Moraes relembrou do transplante e fez questão de fazer um agradecimento ao gesto de Adílson. Ela publicou uma foto ao lado do homem importante que salvou sua vida para sempre, já que se não fosse isso, poderia ter acontecido o pior.

“Há exatos 10 anos este homem me salvou a vida. Em 23 de junho de 2010 eu estava na corda bamba e graças à sua doação de medula estou aqui hoje. Obrigada Adilson! Nos conhecemos somente 5 anos após o procedimento. Não sabíamos quem éramos antes deste encontro. Estou toda arrepiada”, contou Drica Moraes em uma publicação que fez em uma rede social.

A atriz que já viveu personagens como a vilã Violante, da novela Xica da Silva, fez questão ainda de agradecer aos profissionais de saúde por ajudarem ela nesse desafio de derrotar a leucemia. Receberam agradecimentos os médicos Nelson Hamer e Wolmar Pulcceri. Através da internet, muitos seguidores se disseram emocionados com a história.

A leucemia é uma doença maligna dos glóbulos brancos, por muitas vezes, de origem desconhecida. Tem como principal característica o acúmulo de células doentes na medula óssea, que substituem as células sanguíneas comuns.

A medula óssea é o local de fabricação das células sanguíneas e ocupa a cavidade dos ossos, sendo popularmente chamada de tutano. Nela são encontradas as células que dão origem aos glóbulos brancos (leucócitos), aos glóbulos vermelhos (hemácias ou eritrócitos) e às plaquetas. Na leucemia, uma célula sanguínea que ainda não chegou na maturidade sofre uma mutação genética que a transforma em uma célula cancerosa.