Carregando Notícia
CuriosidadesSaúde

Estômago alto? É importante ficar atento a sinais e saber como resolver

Saiba que o estômago alto é um problema que pode ser resolvido com ações práticas.

PUBLICIDADE

Muito conhecido entre a população como estômago alto, esse fator acontece muito em razão de uma certa distensão do abdômen, que também pode ser causada por diversas situações diferentes. Uma dessas situações é uma alimentação muito rica em açúcar e também gordura, além da terrível prisão de ventre ou até mesmo o sedentarismo, que é gerado pela falta de atividades físicas.

PUBLICIDADE

Além do grande inchaço que é causado no abdômen, pode também haver ainda desconforto na região, provocando, consequentemente, uma grande dificuldade para respirar e, dependendo até mesmo da gravidade do estômago alto, gerar também problemas de digestão, um mal-estar e ainda um grande aumento no risco de inflamações intestinais.

Os casos que são mais comuns de estômago alto estão sempre relacionados com a má alimentação da pessoa. Uma grande ingestão de muitos alimentos que são ricos em açúcar ou até mesmo gordura chega ao intestino onde acabam sendo fermentados, gerando com isso o problema de estômago alto e oferecendo também a sensação estranha de inchaço da região, o que, consequentemente, causa também o desconforto.

Além de toda essa má alimentação, outros problemas que são intestinais, como é o caso da diarreia, a grande produção de gases excessivos, as infecções intestinais ou até mesmo a prisão de ventre podem apresentar alguns quadros de estômago alto. Por fim, há ainda toda uma questão do sedentarismo por trás disso tudo, uma vez que o alimento que está estocado em forma de gordura acaba ocasionando uma distensão da região abdominal.

Como resolver estômago alto?

A principal e melhor forma de tratar o estômago alto está simplesmente na alimentação, visto que ela é a principal causa de distensão abdominal. Assim, é sempre fundamental que se evite o grande consumo de alimentos que são muito pesados à noite, diminuindo também o consumo de vários alimentos que são ricos em açúcar e, ainda, aliar um pouco na rotina diária, cedendo um bom tempo para praticar exercícios físicos, com intuito de fortalecer toda a sua região abdominal.

Em alguns casos específicos, o estômago alto pode ser tratado através de procedimentos estéticos, como por exemplo, a criolipólise, que é um procedimento que expõe às células gordas de baixas temperaturas, isso acaba promovendo o seu rompimento e diminuindo e eliminando a distensão abdominal.

Redação

34 anos e cursando jornalismo em SP, já trabalho com notícias por aproximadamente 10 anos. Aqui cubro todas as notícias sobre o transito, capitais do país, reality shows e diversos assuntos diferentes. Email: [email protected]