Carregando Notícia
Curiosidades

Essa foi a última foto dele; o impensável aconteceu pouco depois

Esse caso viralizou e emocionou a todos

PUBLICIDADE

Ao ouvirmos a palavra ‘super-herói’, logo nos vem o pensamento de um homem ou mulher de boa aparência e corpos musculosos usando trajes semelhantes aos personagens da Marvel, ou no mínimo uma longa capa. Esses seres são muito fortes, velozes, inteligentes ou tem quaisquer outros poderes mágicos incríveis.

PUBLICIDADE

Sabemos que esses heróis não existem e ao analisarmos bem, esses heróis poderosos não passam de metáforas. Na verdade, toda essa questão de ser super forte, veloz ou inteligente é tudo uma questão de ponto de vista. Esses heróis da TV e quadrinhos pode até não existirem, mas há espalhado por aí muitos heróis e heroínas sem poderes que arriscaram suas vidas para salvar outras pessoas.

A palavra herói faz mais significado quando conhecemos histórias como essa que estamos contando agora. No caso em questão, o jovem Cheng Changjiang, que você pode ver abaixo, tirou essa última foto dele antes de ter tido uma linda e nobre atitude.

Após tirar essa que seria sua última foto vivo, Cheng viu que três crianças caíram na água e estavam lentamente se afogando. Mesmo sem saber nadar, o jovem herói sabia que teria que ajudar, pois não conseguiria ficar parado e ver aquela tragédia acontecer. Apesar de saber que poderia se afogar também e não sair vivo daquela situação, nada o impediu de tentar salvar aquelas vidas inocentes.

O jovem Cheng pulou na água para resgatar aquelas crianças e cumpriu sua missão de herói com êxito, mas infelizmente ao salvar a última menina, de 11 anos, o jovem desapareceu abaixo da superfície.

Mais pessoas foram chegando na tentativa de ajudar a todos, mas para Cheng era tarde demais “Ele já estava morto quando o tiramos da água. Não havia nada que pudéssemos fazer para salvar sua vida”, relatou uma das pessoas que estavam no local no momento do incidente.

Em entrevista, familiares e amigos do jovem Cheng disseram que não esperavam menos dele, pois ele sempre gostou de ajudar outras pessoas e que se arriscar para salvar aquelas crianças, era bem a cara de Cheng.

Os heróis podem ser uma pessoa comum que esbarramos em nosso cotidiano. Essas pessoas não precisam de super-poderes para arriscarem suas vidas, basta alguém estar em perigo para que eles tomem atitudes como essa.