Carregando Notícia
CuriosidadesNotíciasSaúde

10 sinais de alerta que seu corpo dá e você nunca deve ignorar; saiba o porque

Nosso corpo é tão prefeito em relação ao organismo que é preciso apenas que um órgão comece a apresentar problemas, que ele tenta nos avisar de alguma forma

PUBLICIDADE

Nosso corpo é tão prefeito em relação ao organismo que é preciso apenas que um órgão comece a apresentar problemas, que ele tenta nos avisar de alguma forma. O grande problema é que por muitas vezes não conseguimos compreender a mensagem que ele quer nos dar e quando nos damos conta, já estamos passando por um novo problema de saúde.

PUBLICIDADE

Assim são os sintomas mostrados aqui abaixo e que devem ser levados a sério, pois possivelmente mostra que seus rins apresentam algum tipo de problema:

1- Insônia

Se de nada você começa a passar por problemas relacionados a qualidade do sono, com dificuldades de dormir logo quando deita na cama ou o sono é cortado no meio da noite, pode ser que seus rins estejam com problema de eliminar todas as toxinas presentes. Diante disso, você continuará sentindo dificuldade para descansar à noite.

2- Dor de cabeça

Pacientes com problemas renais apresentam dores de cabeça constantemente. Esse é um dos primeiros avisos antes do diagnostico.

3- Fraqueza

4- Fadiga

Com os rins funcionando de forma mais devagar devido a problemas relacionados a sua estrutura, você com certeza será tomado por um estado de fadiga e fraqueza sem precedentes.

5- Pele seca

O desiquilíbrio dos nutrientes e minerais motivados a problemas nos rins ocasionam uma pele mais ressecada.

6- coceiras

Mesmo que você seja cuidadoso (a) quanto a higiene do corpo, as coceiras começarão a apaerecer com intensidade e em uma frequência maior.

7- Mau hálito

Quando há insuficiência renal, a função principal do rim de filtrar o sangue e eliminar resíduos tóxicos ao organismo fica prejudicada e substâncias como a ureia e a creatinina ficam concentradas na corrente sanguínea.

“Tais compostos são transportados pelo sangue e acabam sendo eliminados via pulmonar junto com o ar expirado tanto pela boca quanto pelas narinas. Esse ar tem um odor descrito como “hálito urêmico”, ou seja, hálito com cheiro característico de urina, amônia ou peixe. Dá para se desconfiar da doença pelo hálito, pois ele possui esse cheiro bem característico”, é o que fala Maria Cecília Aguiar, cirurgiã-dentista e presidente da Associação Brasileira de Halitose (ABHA).

8- Gosto metálico na boca

Uma quantidade alta de toxina no sangue deixa o paladar com gosto de metal.

9- Dificuldade para respirar

10- Alterações na urina

Urina muito quente, com um odor muito forte ou qualquer outra alteração, deve ser comunicado imediatamente à um profissional de saúde.