Carregando Notícia
CulináriaCuriosidadesNotícias

O câncer em uma lata: este é um dos produtos mais tóxicos e quase todos consomem sem saber!

Você com certeza conhece a batatinha tipo chips. Trata-se de um produto muito famoso, distribuído em larga escala por todo o planeta

PUBLICIDADE

Você com certeza conhece a batatinha tipo chips. Trata-se de um produto muito famoso, distribuído em larga escala por todo o planeta. Ela normalmente é vendida em caprichadas e vistosas embalagens de plástico, mas também é comum o recipiente em lata. Apesar de ser muito vendida e apreciada, é um alimento que prejudica muito a saúde.

PUBLICIDADE

Fique por dentro: na primeira fase de produção das batatas chips, os ingredientes são comuns e podem ser ingeridos, como: arroz, trigo, flocos de milho e flocos de batata. Eles são misturados e se transformam em um tipo de massa bem fina. Após isso, é iniciado o processo de moldar as batatas. Depois que elas estão na forma que já conhecemos, são levadas para assar numa temperatura bastante alta.

Na etapa que encerra o processo, antes da embalagem, é o momento dos temperos. Uma máquina sopra nas batatas para retirar o excesso de gordura, depois as chips recebem sabores artificiais em pó, como bacon, queijo, cebola e outras mais.

O mais arriscado está justamente na hora de aquecer as batatinhas industrializadas. Quando o amido é aquecido em temperatura muito elevada, que é acima de 120 graus Celsius, substâncias como a acrilamida se formam. Para quem não sabe, a acrilamida é uma das substâncias que mais prejudicam a saúde e uma das causas do câncer.

Além disso, ela:

– Prejudica o sistema nervoso

– Ocasiona infertilidade nos homens

– Está ligada a defeitos congênitos

Infelizmente, o aquecimento não se pode evitar, pois é por causa dele que as batatas ficam secas e crocantes.

3 alimentos que podem aumentar o risco de câncer

Frituras

O excesso de alimentos fritos precisam ser evitados. Estudos comprovam que o composto químico conhecido por acrilamida, formado pelas altas temperaturas da fritura, podem elevar o estresse oxidativo e a inflamação no corpo, que estão relacionados ao crescimento de células cancerosas.

Refinados

Alimentos refinados, como farinha, açúcar ou óleo também precisam de uma atenção. Estudos indicam que açúcar e carboidratos altamente processados ​​também podem aumentar o risco de estresse oxidativo e inflamação no corpo, o que pode causar câncer de ovário, mama e de endométrio.

Álcool e bebidas gaseificadas

Álcool e bebidas gaseificadas possuem muito açúcar refinado e calorias. Consumir em excesso essas opções pode aumentar o número de radicais livres no corpo e ocasionar inflamação, além de dificultar o diagnóstico de células pré-cancerosas e cancerígenas no corpo.