Início » Vulcão nas Ilhas Canárias cria “rio de lavas” e governo faz grande alerta!
Notícias

Vulcão nas Ilhas Canárias cria “rio de lavas” e governo faz grande alerta!

O início dessa semana, começou com a informação da erupção do vulcão na Ilha Canárias o que aconteceu na Espanha no início desse domingo. As primeiras imagens e informações mostram o desastre que está sendo causado em povoados próximos ao local onde fica o vulcão.

A erupção aconteceu por volta de 11 horas, e desde então o material extremamente perigoso para a saúde humana está invadindo florestas e até mesmo já destruiu diversas casas na região próximo ao vulcão. O Governo espanhol iniciou uma ação preventiva, onde evacuou cinco mil moradores da cidade.

Durante a madrugada foi possível perceber um rio de lavas que se formou e vem avançando para costa da Ilha, onde deve atingir o oceano nas próximas horas devido ao local ser bastante propício para que as lavas possam se dispensar no oceano.

O governo da Espanha fez um pronunciamento sobre as medidas que foram tomadas para preservar a integridade dos moradores, e fez um desabafo alegando todos os danos materiais que ação da natureza está causando a diversos moradores e camponeses da região.

Um dos setores mais atingidos é o agrícola onde diversas plantações estão sendo queimadas pela lava que escorre e criou um verdadeiro rio. Vídeos estão circulando nas redes sociais e mostra as primeiras ações e toda a devastação que o vulcão está causando na ilha.

O governo espanhol agiu rapidamente e conseguiu retirar 5.000 moradores e esvaziar algumas cidades próximas para evitar que pessoas fiquem feridas com a devastação. Segundo o embaixador, os danos materiais são os mais afetados nesse momento de grande desespero após a erupção do vulcão.

Veja Também:  Vídeo: Acidente entre carretas deixam vítimas fatais em SC

Durante a noite foi possível perceber toda ação e devastação que está acontecendo, nesse que foi um dos principais alertas mundiais por conta da possibilidade de criação de um tsunami que pode atingir a costa brasileira caso a erupção do vulcão se tornem explosiva.