Início » Médium Paulinho de Deus é preso acusado de abuso em São Paulo
Notícias

Médium Paulinho de Deus é preso acusado de abuso em São Paulo

Uma notícia começou a circular nessa manhã de quinta-feira dia 11 de março, que o médium e diretor da Associação Espírita Paulo de Tarso. Conhecido como Paulinho de Deus, foi preso na última quinta dia 4 de março com a acusação de ter cometido abuso na cidade de Catanduva que fica no interior de São Paulo.

Um inquérito foi aberto para investigar o caso, porém o líder religioso está detido como prisão preventiva. A Polícia Civil que investiga o caso confirmou que a denúncia foi feita por uma mulher de 25 anos de idade e que alega ter sofrido abusos de Paulo Roberto Roveroni desde sua infância.

A mulher foi até a delegacia junto de sua mãe para realizar a denúncia e ela alega que teria sofrido abusos do médium desde seus 3 anos de idade até os 23 anos. Hoje com 25 anos ela só conseguiu falar sobre o assunto após realizar acompanhamento psicológico.

A mãe da vítima disse que Paulo sempre foi uma pessoa muito boa e que ela jamais tinha desconfiado de algo, ela ainda disse que sua filha sempre foi uma criança muito retraída e sem amigos e que ela não entendia o porque dela se comportar dessa maneira. Mas que após começar os tratamentos com psicóloga após um ano de tratamento ela conseguiu enfim revelar qual era seu verdadeiro problema.

De acordo com a denúncia o médium usava o argumento de que tudo isso era um processo de cura para a menina, que ela era rodeada de espíritos maus e que tudo isso era necessário para que ela fosse curada espiritualmente. O médium está preso e provavelmente será transferido para o presídio de Céu Azul que fica no Paraná, segundo as investigações ele será indiciado por abuso de vulnerável.

Veja Também:  Menino de 3 anos perde sua vida depois de ser enterrado vivo

Compartilhe com todos os amigos e familiares mais essa triste notícia de abuso de um líder religioso em uma criança indefesa.