Início » CoronaVac é eficaz contra variante brasileira, indica estudos
Mundo Notícias

CoronaVac é eficaz contra variante brasileira, indica estudos

O coronavírus surgiu na cidade de Wuhan na China em 2019 com os primeiros casos confirmados em um grupo de pessoas que estiveram em um mesmo mercado popular, onde era comercializado alguns tipos de animais selvagens tais como morcegos e cobras ainda vivos, que provavelmente estavam doentes e passaram o vírus para essas pessoas.

Posteriormente após surgimento desses primeiros casos, foram detectadas outras pessoas que em nenhum momento estiveram neste mesmo mercado, porém estavam também indicando um quadro de sintomas parecidos, associando se a suspeita de que o vírus tinha se adequado e estava se espalhando entre humanos, teoricamente por meio da inalação de gotículas da saliva e ou de secreções respiratórias que ficaram no ar após a pessoa infectada espirrar ou tossir, o que se fez propagar a contaminação de outras pessoas, resultando a Pandemia em que vivemos.

A vacina contra a Covid -19, CoronaVac foi criada pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o instituto Butantan.  Segundo o Instituto, a vacina também é eficaz contra a variante de Manaus. Descoberta inicialmente no Amazonas, a P1 é mais contagiosa do que as anteriores, está assolando a população pois não se sabe ao certo o poder desta nova mutação. Ela vem colaborando para o agravamento da saúde no país a expectativa agora está nas vacinas que vem sendo desenvolvidas por diversos laboratórios pelo mundo. Estudos realizados apontam que a CoranaVac é eficaz contra a cepa de Manaus. Os testes estão sendo feitos a partir de exames das amostras de sangue extraídas de pessoas vacinadas com o imunizante e testadas contra a variante.  Logo após a coleta das amostras, os anticorpos existentes foram analisados contra a variante de Manaus e em teste comprovado foi possível evidenciar ação protetora. Os dados ainda serão publicados

Veja Também:  Luto: Morre Jornalista muito querido por todos, deixará saudades

Alguns Estados iniciaram na próxima segunda-feira dia 15 de março a vacinação de idosos.