Início » Técnica de Enfermagem morre de Covid-19, por falta de leito em UTI, família está inconformada
Notícias

Técnica de Enfermagem morre de Covid-19, por falta de leito em UTI, família está inconformada

Bom mais um caso de uma vítima de Covid-19 que tem chocado a todos, pois temos visto o tanto que esses profissionais da saúde arriscam suas vida para que outras vidas sejam salvas. Porém quando algum deles infelizmente é infectado pelo vírus o tratamento acaba sendo igual o da grande massa, e isso tem revoltado muitas pessoas nas redes sociais pois eles arriscam suas próprias vidas pelas dos outros e deveriam ser pelo menos um pouco valorizados.

A morte da Dona Zeni Bueno de 53 anos de idade tem revoltado a todos nas redes sociais, pois ela era técnica de enfermagem na cidade de Itapema. Mas infelizmente no dia 26 de fevereiro na última sexta-feira ela acabou enfrentando complicações com a doença e veio a óbito.

Segundo foi relatado a dona Zeni teria sido internada no início dessa semana já com complicações do Covid-19, a profissional da saúde aguardava um leito da UTI para ser entubada já que sua situação respiratória já estava bem complicada. Porém na noite dessa última sexta dia 26 acabou liberando um leito na cidade de Itajaí, onde iriam transferir Zeni para continuar seu tratamento.

Mas para a tristeza de todos ela acabou morrendo antes de ser transferida, todos os familiares da dona Zeni ficaram totalmente desolados com a notícia e foram até as redes sociais desabafar sobre o caso. Com isso muitas pessoas acabaram comentando sobre o acontecimento, pois é totalmente lamentável ver essas pessoas arriscando a vida delas pelas outras e não ter um respaldo maior.

Infelizmente esse tipo de situação tem acontecido muito em todo o país e muitos profissionais da área tem sido contaminados pelo vírus e também perdido a vida. Realmente o momento está muito complicado e todo cuidado é pouco, somente cada um fazendo sua parte poderemos evitar que mais mortes aconteçam ao nosso redor.

Veja Também:  Revoltante: Escola em Santa Catarina esconde 20 crianças no banheiro para fugir da fiscalização