Início » Grávida de 24 anos morre de Covid-19 após o parto, situação choca web
Notícias

Grávida de 24 anos morre de Covid-19 após o parto, situação choca web

Temos vivido tempos muito difíceis onde a cada dia fica mais complicado lidar com essa terrível doença, e casos mais surpreendentes tem aparecido a todo o momento. Nesse caso vamos ver uma jovem de apenas 24 anos que foi infectada durante a gravidez e teve que realizar uma cesária de urgência para retirar o bebê e infelizmente não resistiu.

Luana Gurgel chegou a ir no hospital por duas vezes passando mal com os sintomas da doença e na última semana precisou ser internada já em estado grave. O caso aconteceu na cidade de Imperatriz que fica no estado do Maranhão e tem chocado a todos através das redes sociais.

Neste último sábado dia 27 de fevereiro a jovem deu a luz ao pequeno Bento, mas infelizmente não conseguiu resistir e acabou perdendo essa dura batalha contra a Covid-19. O seu companheiro Cayro Yuri que também possui 24 anos de idade relatou todo o seu sofrimento e também as dores de toda sua família de perder a jovem Luana.

O jovem relatou ao G1 que sua companheira sentiu o primeiro sintoma da doença no dia 15 de fevereiro, e por orientação médica procurou o Hospital. Lá ela foi testada e deu negativo, então chegou a ser medicada e liberada novamente.

Porém chegando em casa ao passar a semana a jovem continuou piorando e sentido muita faltar de ar, eles teriam retornado ao hospital mas novamente ela foi liberada. Ainda sem saber o que fazerem eles resolveram pagar um teste particular, e aí deu positivo.

Mas logo que pegaram o resultado o estado de Luana agravou consideravelmente e ela precisou ser internada na UTI, eles realizaram um Raio-X na jovem e foi constatado que ela já estava com 50% do seu pulmão comprometido. Na sexta-feira dia 26 os médicos realizaram uma cesárea de urgência para retirada do pequeno Bento e no sábado dia 27 a jovem não resistiu e veio a óbito.

Veja Também:  Vídeo: Homem tenta sequestrar criança de 5 anos em supermercado. Suspeito está foragido