Início » Urgente: Cidade Catarinense irá fechar por 7 dias, confira:
Notícias

Urgente: Cidade Catarinense irá fechar por 7 dias, confira:

Uma notícia deixou todos preocupados, uma cidade do estado de Santa Catarina irá fechar por 7 dias. O novo decreto é válido até a meia-noite do dia 7 de março. A decisão do município leva em consideração a falta de leitos de UTI e enfermaria no HRO (Hospital Regional) e no Hospital Unimed.

A prefeitura de Chapecó decidiu prorrogar o prazo de fechamento da cidade em mais uma semana por causa do aumento do número de casos e do número de mortos. A decisão foi assinada em reunião de comitê com o Comitê de enfrentamento da Covid neste sábado (27). O novo decreto é válido até a meia-noite do dia 7 de março.

Com isso, o horário inicialmente previsto para retorno à escola particular na segunda-feira (1º) também foi suspenso, o funcionamento de lojas, restaurantes e outros serviços não essenciais também foi suspensa em toda a cidade.

A decisão do município levou em consideração a falta de UTIs e leitos de enfermagem no HRO ( Hospital Regional) e no Hospital Unimed. Por exemplo, no HRO, a UTI de Covid tem 62 leitos e 119 pacientes, e os pacientes restantes estão recebendo cuidados na UTI, mas em outros departamentos, como a enfermaria.

Em dois meses, foram inaugurados 27 leitos de UTI e 50 leitos de enfermagem. A direção da Administração de Recursos Humanos informou que mais 28 leitos serão adicionados nos próximos dias. A Unimed também ampliou a UTI Covid de 14 para 30 leitos, mas ainda está cheia.

“Os médicos informaram que precisamos manter as pessoas em casa por 14 dias, para fechar o ciclo da doença e assim diminuir o contágio. Estamos ampliando as estruturas, contratando médicos, buscando equipamentos, mas não tem sido suficiente. Não tenho outra alternativa senão fechar tudo, mantendo os serviços essenciais”, disse João

Em postagem no Facebook, Rodrigues agradeceu ao povo o apoio. Um empresário doou 100.000 máscaras. A entidade do CEC (Centro Comercial de Chapecó) está criando um fundo para contratar mais médicos em situações de emergência. Segundo o presidente do CEC, Cidnei Barozzi, foram arrecadados 800 mil reais.

Veja Também:  Está liberado! Vacina ganha aval da Anvisa para alívio de todos