Início » Jovem que matou garota gamer confessa para polícia que seus próximos alvos seriam os cristãos
Notícias

Jovem que matou garota gamer confessa para polícia que seus próximos alvos seriam os cristãos

Um caso que chocou o país todo ainda tem dado muito o que falar nas redes sociais, o jovem que assassinou a gamer Ingrid Oliveira Bueno da Silva que tinha apenas 19 anos de idade foi preso. Porém junto com ele havia um livro que tinha planos escritos de como matar os cristãos o também jovem de 18 anos Guilherme Alves Costa está preso.

O livro que possui 52 páginas apresentava a ideia de um grupo ao qual Guilherme confessou fazer parte, com isso eles se intitulavam de soldados contra o cristianismo e através do crime eles pretendiam apresentar seus ideais ao mundo e mostrar tudo que seriam capazes de fazer.

Segundo informações da polícia os dois jovens se conhecerem em um jogo na internet e marcaram um encontro presencial, o que tudo indica é que Guilherme teria apresentado sua ideia para Ingrid que não aceitou fazer parte do grupo. Com isso ele acabou assassinando a jovem garota, em sua declaração para a polícia o jovem confessou o crime e diz fazer parte do grupo porém afirma que não é o líder.

Ele que se intitula apenas um soldado desse grupo disse que havia uma missão designada a cumprir e apenas a executou, ele disse que seu exército é totalmente sigiloso. Em um trecho de sua declaração ele diz que seu exército é poderoso e todos terão que fazer o que eles querem, pois quando um membro entrar em um templo religioso e realizar os disparos contra as pessoas nenhum Deus irá protegê-los.

Ambos jogavam Call of Duty que é um jogo de guerra, mas eles faziam parte de times adversários. Não há nenhuma informação sobre a religião de Ingrid e se ela teria algo ligada ao cristianismo, um vídeo tem viralizado que mostra o momento de sua prisão ao qual ele confessa o crime e diz que sua capacidade mental é totalmente sã que realizou o crime por que realmente quis.

Veja Também:  Vídeo: Durante assalto PM é descoberto e executado por bandidos