Início » Psicólogo teria tido ajuda da enteada para matar esposa e filha de 9 anos
Notícias

Psicólogo teria tido ajuda da enteada para matar esposa e filha de 9 anos

O caso brutal que chocou o interior do estado de São Paulo e está repercutindo no Brasil nesta quarta-feira(3) teve novas informações reveladas esta tarde. Ontem, terça(2), foi noticiado que os corpos de Cristiane Arena de 34 anos e de sua filha Karoline Vitória, de 9 anos foram encontrados enterrados no quintal da casa do ex-companheiro de Cristiane.

A mulher e a filha foram dadas como desaparecidas em novembro. Cristiane foi a primeira a ser encontrada. A polícia encontrou enterrada sob um contrapiso de concreto. Porém, a menina Karoline não foi encontrada junto à mãe e a polícia estava tendo dificuldades para localizar o corpo. Foi quando a adolescente de 16 anos, filha de Cristiane, indicou à polícia o local exato onde estava enterrada sua irmã mais nova.

“Ela [adolescente] não admite a participação, mas teve um momento logo após ser apreendida que revelou aos policiais, que estavam com dificuldade de encontrar o corpo da criança, que ele estaria perto de uma árvore e de uma piscina de plástico, onde realmente estava”, disse o delegado.

O principal suspeito do crime é o ex-companheiro de Cristiane, o psicólogo Fabrício de 34 anos. Entretanto, o fato da adolescente ter apontado com precisão o local do corpo da irmã e outros elementos colhidos pela polícia que evidenciam que ela e Fabrício estão em um relacionamento amoroso a torna suspeita de ter ajudado o homem no crime bárbaro.

Durante a investigação, ainda em relação ao desaparecimento, os policiais seguiram a adolescente e Fabrício até uma agência bancária. Posteriormente, descobriram que os dois estavam movimentando os recursos financeiros de Cristiane. Segundo foi informado pela polícia civil, a adolescente seria encaminhada à Fundação Casa de Araçatuba. O psicólogo Fabrício até o momento não foi localizado e é considerado foragido.

Veja Também:  Mulher atira em marido após achar vídeo íntimo da filha no celular dele

Para assistir reportagem completa exibida nesta tarde com entrevista ao delegado do caso clique aqui