Início » Criança de 3 anos é atacada por pitbull, fica desfigurada e reacende debate sobre a raça
Notícias

Criança de 3 anos é atacada por pitbull, fica desfigurada e reacende debate sobre a raça

É de conhecimento geral que os cães da raça pitbull são animais formidáveis que possuem uma força extrema. Essa característica do animal e o triste histórico de um passado marcado pelas brigas de cães geram um sentimento de desconfiança quanto ao animal. Junto a isso, os diversos ataques que acontecem e ganham destaque na mídia contribuem para essa desconfiança cresça.

Na noite desta quinta(28) mais um ataque de pitbull deixou uma menina de apenas 3 anos de idade com o rosto parcialmente desfigurado. O caso aconteceu em Parnamirim que fica na região metropolitana de Natal. De acordo com o pai da menina, o cão que é da própria família sempre brincou em meio às crianças sem nenhum incidente.

Segundo relato do pai, a mãe estava no trabalho e ele estava no quarto quando ouviu o rosnado do animal e logo em seguida o grito da menina, ela e o cachorro estavam na sala da residência. O pai acha que a menina teria tentado brincar com o animal da família e ele acabou atacando. Ela foi atacada na região da boca e ficou com a arcada dentária exposta.

O pai correu com a menina para o Hospital Walfredo Gurgel. A criança passou por uma cirurgia plástica para que pudessem reconstruir o rosto. Felizmente, ela não corre risco de vida. O pitbull tem 2 anos de idade e sempre foi acostumado com a criança. O pai da menina não consegue entender o que levou o cão a atacar.

Na internet o assunto tem repercutido. Muitas pessoas alegando que o animal é perigoso por natureza e deveria sem banido. Já outras pessoas entendem o poder da raça mas defendem que a criação do animal é determinante neste quesito. Raças com esse porte e força deveriam ser treinados adequadamente para que acidentes como esse sejam evitados ao máximo.

Veja Também:  Crime bárbaro: Famosa no TIKTOk é morta a tiros durante churrasco