Início » Homem é sequestrado e morto pela esposa e cunhada, suposto motivo do crime chocou a família
Notícias

Homem é sequestrado e morto pela esposa e cunhada, suposto motivo do crime chocou a família

Na manhã desta quarta-feira, a polícia civil de Aripuanã, a 1.002 quilômetros de Cuiabá, cumpriu cinco mandados de prisão preventiva e mandados de prisão provisória (27). A prisão ocorreu após o falecimento de Márcio José Silva, de 46 anos, na segunda-feira, dia 25.

Os principais envolvidos no crime são da mesma família. Entre os outros três suspeitos, um era menor de idade e foi contratado para ajudar no crime. Segundo a polícia civil, Márcio foi assassinado pela mulher com a ajuda de sua irmã e de uma adolescente.

As três pessoas envolvidas foram levadas para a Delegacia de Polícia de Aripuanã. Eles relataram que o crime foi planejado pela esposa de Márcio porque, segundo a suspeita, Márcio a espancou, traiu e tentou abusar sexualmente de sua irmã quando a menina tinha 11 anos.

Todos responderam a investigações policiais desencadeadas por crimes e violações, que envolveram homicídio doloso, posse ilegal de armas permitidas, associação criminosa, corrupção de menores, sequestro, cárcere privado e furto.

O crime ocorreu em uma propriedade rural em Aripuanã na madrugada do dia 13 de janeiro deste ano, quando a vítima, Márcio José Silva, 46, e seu filho de 23 anos, foram abordados pelos criminosos.

A polícia militar estava patrulhando, quando o homem de 23 anos procurou a guarnição e relatou que dois homens armados o renderam, amarraram-no e obrigaram-no a levá-lo até o pai. Segundo o jovem, assim que o criminoso encontrou seu pai, suas mãos e pés foram amarrados e ambos foram levados para uma estrada a cerca de sete quilômetros da cidade. De acordo com o relatório do filho à polícia, os suspeitos o deixaram no carro e levou o pai para a margem do rio, e então, ele ouviu barulho tiros. Logo após o suspeito retornar ao veículo, o menino foi amarrado e voltou para a cidade, em seguida o menino foi liberado, e então procurou a Polícia Militar.

Veja Também:  Vídeo de mulher quebrando a casa após descobrir traição viraliza nas redes sociais

Os militares foram imediatamente ao local indicado pela vítima e constataram que Márcio José estava deitado de bruços e com as costas furadas. A vítima ainda foi resgatada e encaminhada às pressas para o hospital, onde recebeu atendimento médico. No entanto, Márcio não resistiu e morreu na segunda-feira (25).