Início » Crime bárbaro: Famosa no TIKTOk é morta a tiros durante churrasco
Notícias

Crime bárbaro: Famosa no TIKTOk é morta a tiros durante churrasco

Eliane Ferreira Siolim foi baleada e morta durante um churrasco no último domingo (24). Quando ocorreu o crime, a filha do casal de 6 anos estava no local, e a polícia aguardará sua audiência em um comunicado especial.

A fama de Eliane Ferreira Siolim nas redes sociais passou a ser uma das hipóteses levantadas pela polícia, ela foi baleada e morta em um churrasco no domingo (24). Segundo a apuração, Eliane tem muitos adeptos e faz muito sucesso com dublagem, fato que pode causar ciúme e incentivar o crime. No entanto, as testemunhas não confirmaram esta possibilidade.

“Até agora, tivemos notícias de seus três parentes. Eles disseram que a vítima estava com essa rede social há muitos meses. O casal estava junto há 12 anos. Testemunhas disseram que a relação entre eles é um tanto problemática. Portanto, não vinculamos diretamente esse fato à causa do crime”, disse Marianne Souza, representante responsável pela investigação, ao G1.

A delegada ainda informou que existiam controvérsias sobre a filha do casal, de 6 anos, ter presenciado ou não o crime. “Nós confirmamos e ela estava no local, mas, ainda é muito recente para verificarmos se ela presenciou ou não os fatos. A vítima ainda está retraída e será ouvida em depoimento especial. Ela está aos cuidados de familiares da mãe”, explicou.

Logo após o  crime, o marido suicidou-se. Na rede social TikTok onde dublava, Eliane tem mais de 57 mil fãs. Após sua morte, os seguidores aumentaram de 37.000 pessoas, para um total de 60.700 pessoas. Alguns de seus vídeos podem alcançar mais de 100.000 pessoas. De acordo com a investigação, o último vídeo foi lançado em 9 de janeiro deste ano.

Veja Também:  Urgente: Cantora Amanda Wanessa mexe pernas e braços pela 1ª vez após o acidente

Segundo informações do Boletim de Ocorrência, seus corpos estavam na varanda dos fundos da casa onde acontecia um churrasco. Testemunhas no local disseram que escutaram uma discussão e depois tiros. Arma utilizada no crime, bem como munições e um carregador foram apreendidos.