Início » Vídeo: Irmã chora, inconsolável, sobre homem que atacou policial com barra de ferro
Sem categoria

Vídeo: Irmã chora, inconsolável, sobre homem que atacou policial com barra de ferro

O triste caso que aconteceu no final da tarde desta segunda-feira(11) em Icoaraci, distrito de Belém, tem agitado as redes sociais devido às peculiaridades de todo o caso. Um homem com transtorno mental estaria descontrolado na rua em que mora e assustando os outro moradores do bairro. Por isso, a policia militar foi acionada para que pudessem garantir a segurança do homem e dos moradores.

Mas infelizmente isso não aconteceu. Assim que os agentes da ROTAM chegou ao local, eles tentaram conter o homem mas não tiveram sucesso. O homem ameaçava os policiais a todo o momento com uma barra de ferro. Após diversas tentativas os policiais tentaram  contem o homem usando munição não letal, porém não surtiu efeito e em determinado momento o homem partiu para cima do cabo Vilhena.

O cabo tentou fugir do homem, mas não conseguindo ele precisou sacar sua arma de fogo para se defender da fúria do homem. Nesta tentativa de fuga o cabo caiu e foi agredido na cabeça com a barra de ferro e foi nesta hora que os outros policiais dispararam contra o agressor que perdeu sua vida no local e o policial foi socorrido e encaminhado para a UPA de Icoaraci.

Em uma cena extremamente tocando que foi gravada pelos diversos moradores que acompanharam toda a ação policial é possível ver a irmã do agressor debruçada sobre o corpo dele chorando inconsolável. A cena gerou uma grande comoção dada a condição mental do agressor. Mas as pessoas se solidarizaram com o policial também que claramente ficou sem opções depois de evitar a todo custo conter o homem sem precisar feri-lo gravemente.

As informações que temos até o momento é que o policial sofreu várias lesões e está em estado grave e precisará passar por cirurgia.

Veja Também:  Urgente: Morre primeiro catarinense transferido para o Espírito Santo

Veja o vídeo da irmã chorando sobre o homem que perdeu a vida após atacar os policiais clicando AQUI