in

Criança de 10 anos deixa os médicos assustados com doença terrível e assusta a todos

Doença no pé deixa todos assustados
Doença no pé deixa todos assustados // Foto: brnoticia.com

Todo mundo sabe que criança gosta de brincar, sair para correr , ter contato direto com a natureza e fazer travessuras com os amiguinhos.

As crianças de hoje em dia são muito comunicativas e quando saem para brincar não tem como segurar por que é tanta energia que não sabemos nem como acalma-las quando estão eufóricas e animadas.

Um casal Inglês decidiram passar férias no Brasil junto com sua filha de 10 anos e estavam muito empolgados para conhecer outro país com suas belezas naturais;

Conheceram muitos lugares e brincaram muito com sua filha, foi uma estadia boa que puderam aproveitar ao máximo e conhecer todos os pontos turísticos da cidade.

O casal ficou impressionado que ao decorrer dos dias perceberam que tinha algo estranho com sua filha e que não estavam nada bem.

A menina estava com uma coceira enorme nos pés e estavam começando a ficar inchados e mesmo repousando a noite e colocando os pés para cima, não estavam vendo melhoras.

O casal notou que os pés estavam ficando com muitos bichos e do nada foi crescendo mais ainda e tornando algo um pouco assustador.

O casal só procurou ajuda depois que chegaram na Inglaterra que foram exatamente 10 dias depois e os pés da menina estavam apavorante.

Na Inglaterra todos ficaram surpresos e descobriram que a menina tinha contraído a doença chamada bicho no pé ou bicho de areia.

Bicho no pé é um parasita, que é conhecida como pulga e é encontrada muito no Brasil e muitas das vezes são contraídas mais na parte do interior.

Bicho no pé é um inseto sifonáptero, a fêmea do parasita Tunga da família dos tunídeos entra pela pele e começa a sugar o sangue do hospedeiro, contaminando toda a área.

Veja Também:  Vídeo! Morador de rua pede ajuda de uma forma inusitada e o vídeo se torna viral na internet

O caso chamou tanta a atenção que acabou virando notícia em uma revista científica The New England Journal of Medicine.

Depois de vários exames, a equipe médica decidiu tirar todos os bichos do pé e esperar a reação se a menina iria apresentar outros sintomas.

A menina mesmo depois de tudo, continuou tomando todas as medicações e seguindo a risca todas as recomendações medicas.