Notícias

Danilo Gentili: Usuários do twitter mostram que estão do lado do humorista

Danilo Gentili foi condenado a 6 meses de prisão por fazer uma piada contra a deputada Maria do Rosário

Hoje a tarde saiu a notícia em vários sites que Danilo Gentili foi condenado a 6 meses e 28 dias de prisão em regime semi aberto, por crime de injuria contra a deputada federal Maria do Rosário do Partido dos Trabalhadores (PT).

O episodio ocorreu em março de 2016, quando Danilo Gentili publicou um vídeo em que em tom de deboche, rasga uma notificação enviada pela câmara dos deputados a pedido da deputada, passa nas partes intimas e supostamente envia novamente o documento para o gabinete da deputada. Na notificação, a deputada solicitava que Danilo removesse algumas postagens direcionada a ela em suas redes sociais.

Após receber a sentença, Danilo não perdeu o tom de deboche e fez a seguinte postagem no twitter:

Após a noticia se espalhar pelas redes sociais, os seguidores e fãs do apresentador e humorista fizerm uma campanha denominada “DaniloLivre” e “Gentililivre” no twitter.
As postagens rapidamente tomaram conta da rede social, alcançando o primeiro lugar nos trendings topics do Brasil.

Postagens a favor de Danilo Gentili e contra a deputada já vinham sendo postadas a muito tempo nas redes sociais, mas só hoje tomaram um proporção muito grande, devido a notícia.

O ex presidente Lula, hoje preso, também foi alvo das piadas e protestos nas redes sociais, já que o bordão “DaniloLivre” e “Gentililivre” com o fundo vermelho, é uma piada contra o pedido de liberdade feito por apoiadores do ex presidente.

Acompanhe algumas postagens feitas no Twitter a favor de Danilo:

Vale lembrar que Danilo Gentili pode recorrer a sentença em liberdade, e que em casos semelhantes a sentença também pode ser revertida em multa.

Etiquetas

Robson Pacheco

Robson Pacheco é jornalista e editor-chefe do Minuto de Notícia. Pós- graduado em Telejornalismo e Docência do Ensino Superior, Robson atualmente está à frente da redação do nosso portal.
Fechar