Notícias

Chipanzé tenta comer o próprio braço, após visitante de zoológico dar drogas para ele beber

O caso aconteceu nos Estados Unidos e chocou os visitantes do zoológico

Um Chipanzé chamado Julius, de 39 anos foi encontrado com graves ferimentos pelo braço e precisou de auxilio veterinário com muita urgência. A vida do chipanzé quase chegou ao fim, graças a um visitante muito maldoso.

Julius é o único chipanzé no zoológico capaz de desenroscar tampinhas de garrafa e consumir o que tem dentro. Essa foi uma das piores habilidades que um macaco poderia ter naquele dia.
Um visitante do zoológico disse que teria visto outro visitante jogando uma garrafa no minimo esquisita na jaula de Julius. A garrafa foi rapidamente destampada e o macaco acabou consumindo todo o liquido.

Após isso, o chipanzé começou a ficar muito agitado e se auto mutilar, tentando sempre comer o próprio braço. A equipe de veterinários do local precisaram agira com muita rapidez e tiveram que sedar Julius para fazer alguns exames e confirmar se a bebida continha alguma droga ou se o macaco estava tendo um surto psicótico.

Alguns exames de sangue e urina foram feitos, e os veterinários poderam constatar que realmente Julius estava drogado no momento em que se auto mutilava em seu cercado.
Os responsáveis pelo zoológico não divulgaram publicamente qual seria a droga que foi ingerida naquele momento pelo chipanzé.

Julius nasceu em 1979 em Dyreparken, e é um dos únicos exemplares de sua raça no mundo. Varias tentativas de conseguir uma esposa para Julius foram feitas ao longo do anos, mas sempre sem sucesso.
O chipanzé agora segue bem e tranquilo, e esperamos que a habilidade de retirar tampas de garrafas não o levem para nenhum caminho perigoso daqui para a frente.

 

Etiquetas

Robson Pacheco

Robson Pacheco é jornalista e editor-chefe do Minuto de Notícia. Pós- graduado em Telejornalismo e Docência do Ensino Superior, Robson atualmente está à frente da redação do nosso portal.
Fechar