Notícias

” Querem destruir a heteronormatividade por questões ideológica” disse Silas Malafaia sobre críticas a ministra Damares

Em forte tom, Silas comenta sobre as pessoas que estão criticando a fala da ministra Damares

Com um forte tom, que pode ser considerado até de revolta, Silas Malafaia lançou um vídeo em seu canal, onde dá a sua opinião sobre as críticas que até então a ministra Damares vem sofrendo após dar seu pronunciamento sobre ideologia de gênero.

” A verdade é que essa esquerda covarde, covarde, querem manipular as crianças”  ” Dizer que você vem ao mundo e depois se define” Foi assim que Silas começou o seu vídeo lançado em seu canal do youtube ontem (04) de Janeiro.
Em um tom bem forte, Silas explicou para seus seguidores que as crianças tem uma pré disposição a aceitar características psicológicas do sexo que veio ao mundo, e que até uma criança que tem disfunção de gênero, ou seja, crianças que gostam de coisas do sexo oposto, se ela não for estimulada a isso, 82% voltam ao gênero que nasceram.

Após uma breve explicação sobre biologia do sexo, Silas disse que toda civilização humana foi construída por homens fortes e não por ” maricas” e que tudo deve continuar assim. E que as pessoas tem que aceitar que Bolsonaro foi eleito pela maioria do povo brasileiro que não querem ” esse lixo moral de ideologia de gênero”.

” Parabéns Damares!” “Continue, você representa a maioria”  Foi uma das parabenizações de Silas a ministra Damares.

Silas terminou o vídeo com as seguintes palavras ” Azul é cor de menino, rosa é cor de menina e laranja é cor de presidiário. Aí pra bom entendedor… Vermelho é cor de jumento” se referindo ao ex presidente Lula, hoje preso em Brasilia e ao partido dos trabalhadores.

Etiquetas

Robson Pacheco

Robson Pacheco é jornalista e editor-chefe do Minuto de Notícia. Pós- graduado em Telejornalismo e Docência do Ensino Superior, Robson atualmente está à frente da redação do nosso portal.
Fechar